Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
VOZES DA TERRA
 
Reportagens
Café das 6
Cinema
 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 31.10.2018 | 17h46m
#Câmara de Feira
Vereador diz que existe esquema ilícito no "Minha Casa, Minha Vida"

Em pronunciamento na Câmara, na sessão ordinária desta quarta-feira (31), o vereador Ron do Povo (PTC) denunciou  aluguel irregular e venda ilícita de imóveis dos conjuntos habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida em Feira de Santana. O edil contou que soube do esquema através de um funcionário da Prefeitura e denunciou que o responsável pela irregularidade diz ser funcionário de um vereador da Câmara Municipal de Feira de Santana. “Um funcionário da Prefeitura me deixou a par do que está acontecendo. Um homem chamado Gabriel, que, segundo minhas fontes, trabalha em um gabinete desta Casa, tem recrutado pessoas para fazer parte desse esquema. As casas, que deveriam ir para pessoas que realmente precisam, estão sendo desviadas. Isso não é correto e não me calarei perante essa injustiça. Venho de uma família humilde e sei como é difícil  ter uma casa. Solicito aos meus nobres colegas que me ajudem nessa batalha”, concluiu.
 
 
 

Enviado por Da redação - 31.10.2018 | 12h20m
#Agenda
Jornalistas lançam livro com “causos políticos”

 Jornalistas lançam livro com “causos políticos”
Pode até parecer lenda, mas eles garantem: todos os fatos são verídicos. Relatos bem humorados de fatos testemunhados pelos jornalistas Edson Borges e Rafael Velame estão reunidos no livro Palanque Offline, que tem como cenário o ambiente político. O título será lançado no dia 8 de novembro, às 19h, no auditório do Multiplace. O jornalista Rafael Velame conta que a ideia de escrever a obra coletiva surgiu durante ume entrevista. “O Edson estava me entrevistando e aquilo acabou se transformando em uma contação de histórias do que já havíamos vivido ou presenciado no jornalismo. Naquele instante pensamos em reunir esses casos em um livro e assim fizemos”, afirma. Entre as 19 histórias, clássicos como o debate entre José Falcão e Josué Melo, em 1996, na Tv Subaé, e pautas internacionais, a exemplo da visita da ativista cubana à Feira de Santana, Yoani Sánchez. O leitor também conhecerá novos fatos sobre o tradicional choro do ex-prefeito, José Ronaldo de Carvalho. As histórias vão da década de 70 até os dias atuais. “Esse livro é um importante instrumento para lembrar para as pessoas que a política não precisa ser vista com tanto ódio e polarização como nos dias de hoje. Ela também pode ser leve e divertida”, ponderou Edson Borges.

Sobre os autores

@EdsonBorges possui 35 anos de jornalismo com experiência em quase todas as áreas da profissão. Atuou em veículos como Jornal A Tarde, Tv Subaé e Rádio Subaé. Foi Secretário de Comunicação Social e atualmente é Secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Feira de Santana.

@RafaelVelame é jornalista com atuação na internet desde 2002. É autor do Blog do Velame, especializado em Marketing Político e Campanhas Eleitorais (PUC-SP), Redes Sociais, Colaboração e Mobilidade (PUC-SP) e Comunicação Empresarial (ESPM-SP). Hoje, atua como âncora do programa Café das Seis, na Rádio Globo. 
 
 

Enviado por Da Redação - 30.10.2018 | 16h08m
#Câmara de Feira
Vereador suspeita que hino de Feira de Santana pode ter sido plagiado

Vereador suspeita que hino de Feira de Santana pode ter sido plagiado
Em pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (30), na Casa da Cidadania, o edil, Roberto Tourinho (PV) tratou sobre a semelhança entre o Hino de Feira de Santana e o Hino da cidade de Flores, interior de Pernambuco e pediu aos historiadores de Feira de Santana que apurem a possibilidade de plágio. “Quando moramos em Feira de Santana temos amor pela cidade, falamos com entusiasmo e que é a segunda maior cidade do estado da Bahia e o maior entroncamento rodoviário do Norte e Nordeste, dentre outras qualidades, mas sem dúvidas o que mais nos emociona é quando ouvimos o hino da cidade. Aqui, todas as solenidades são encerradas com o hino. Em estudos realizados, o pesquisador Carlos Melo afirma que ele foi escrito por Georgina Erisman em 1928, já o professor Oscar Damião garante que foi em 1930”, pontuou Tourinho. E continuou. “Trago estas informações porque existe uma cidade no interior de Pernambuco, chamada Flores, que tem 160 anos de fundada. Feira tem 185 anos de fundação. Digo isso porque o amigo Hiram Freire, fazendo o estudo, constatou que o Hino de Flores é praticamente igual ao de Feira de Santana”, revelou. Tourinho comparou os hinos fazendo a leitura das estrofes. “Não conseguimos saber o ano em que o Hino de Flores foi escrito. Está disponível na internet. Eu, ao tomar conhecimento, trouxe essa informação à Casa e pedi uma audiência com a diretora do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana para avaliar melhor essa situação. Há uma dúvida: nossa hino é anterior ao hino da cidade de Flores ou a cidade de Flores plagiou nosso Hino?”, questionou Tourinho. O edil disse mais que, seja lá o que for, isso não abala o sentimento que temos por nossa cidade. “Mas, confesso que fiquei com a mesma perplexidade que vocês estão tendo agora. Ele pode ser conferido por qualquer pessoa pela internet. Cabe aos historiadores da nossa cidade averiguar o fato. Acredito que agora nós queremos saber qual foi criado primeiro e espero que o nosso tenha sido anterior ao de Flores”, afirmou. Em aparte, o edil Cadmiel Pereira (PSC) denominou a informação como “negócio chocante”. “Fui em busca de informação e há um blog que faz a mesma pergunta: quem plagiou quem? Peço a Vossa Excelência que faça um Requerimento à cidade de Flores, para saber o período em que hino da cidade foi criado. Acredito que assim vamos dirimir essa dúvida”, sugeriu.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 30.10.2018 | 5h53m
#Cultura
Exposição no Parque do Saber retrata a religiosidade do povo sertanejo

A fé sertaneja é representada na mostra “Lamentos do Sertão”, do artista visual Zé Carlos Sampaio, em exposição no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, iniciada em 26 de outubro e segue até 22 de novembro. São dez obras elaboradas com a técnica mista sobre tela, esculturas e instalações plásticas. O conjunto da obra tem o objetivo de retratar a religiosidade do povo sertanejo como forma de sobrevivência. Zé Carlos traz referências populares da tradição nordestina, através da arte sacra. “Quero levar as pessoas a uma visita às casas de taipa, onde na parede tem sempre um quadro do coração de Jesus e outro do Coração de Maria, como se o povo humilde do lugar intuísse ser ele o Salvador de todos, e a ela a medianeira de todas as Graças”, expressa Zé Carlos sobre a proposta do trabalho. Esta é a primeira exposição da mostra Lamentos do Sertão. O artista utiliza a técnica mista, à base de argila, barro e resina acrílica. A combinação de materiais e técnicas, resulta em um efeito de diferentes texturas. Segundo ele, substituir do uso de tintas por matérias-primas naturais, proporcionalmente diminui a quantidade produtos químicos despejados no meio ambiente, assim agredindo menos a natureza. Natural de Cruz das Almas, Zé Carlos fez morada em Feira de Santana. Desde a infância manifestava o interesse pela arte. Seu primeiro contato com os desenhos foi por meio das HQ’s – Histórias em Quadrinhos. Além de artista visual, possui formação em Moda e em Design de Interiores. Grande parte de sua obra traz referências de sua memória afetiva.
 
 

Enviado por Da Redação - 29.10.2018 | 17h55m
#Câmara de Feira
Vereador eleito deputado se coloca como prefeiturável e garante ser independente

Vereador eleito deputado se coloca como prefeiturável e garante ser independente
Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (29), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Ewerton Carneiro, Tom (Patriota) agradeceu aos colegas que o ajudaram na campanha eleitoral e garantiu que chega á Assembleia na posição de deputado independente. Tom cogitou mais a possibilidade de ser candidato a prefeito de Feira de Santana. “Ainda não tive oportunidade de agradecer aos colegas vereadores que fizeram votos casados comigo, a exemplo de Luiz da Feira, Marcos Lima e Gerusa Sampaio. Agradeço a cada um de vocês e aos demais colegas que, de alguma forma, me ajudaram. Não foi fácil, mas conseguimos a vitória”, agradeceu Tom. O edil tratou sobre seus encontros com o governador Rui Costa e garante que entra na Assembleia na posição de deputado independente e revelou seu que no segundo turno votou em Bolsonaro para Presidente. “Só quero reafirmar que ontem meu voto foi 17. Tomamos uma surra em Feira e na Bahia. Mesmo Bolsonaro sendo vitorioso, foi uma surra. É preciso rever a oposição na Bahia, que está muito fragilizada”, pontuou Tom. E continuou.  “Quero agora falar da minha visita ao governador Rui Costa. Fui convidado por ele algumas vezes e fui, mas em nenhum momento aderi ao grupo dele. Chego à Assembleia independente. Ouvi o depoimento de Geilson, que foi para a base do Governo, e isso foi bom para mim. Não estou desesperado, estou pedindo muita tranquilidade a Deus para tomar a decisão correta”, afirmou. Tom cogitou a possibilidade de colocar seu nome à apreciação para a campanha de prefeito de Feira. “Fui o primeiro vereador da Rua Nova eleito, e agora o primeiro deputado da periferia de Feira de Santana. Isso me dá legalidade para um dia ser prefeito de Feira de Santana, tenho legalidade para isso. Posso ser o primeiro candidato a prefeito de Feira que representa os evangélicos e famílias. Todos aqui nesta Casa têm potencial para ser prefeito de Feira. Há uma lacuna aberta na nossa cidade. Sabemos que a prioridade é Colbert, mas se eu estiver bem nas pesquisas vou para o embate. Acho que o Legislativo tem que se respeitar cada vez mais, estamos passando por momentos difíceis e temos que nos valorizar”, analisou. Para finalizar, Tom garantiu que agirá com cautela. “Estou agindo com naturalidade e vou esperar mais um pouco para tomar uma decisão bem pensada. Não vou dar ouvidos a pessoas que estão especulando coisas ruins sobre mim. Eu tenho um grupo que depende de mim e não vou tomar decisão errada’, findou.
 
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 29.10.2018 | 11h06m
#Eleições 2020
O que esperar para Feira em 2020?

O que esperar para Feira em 2020?
Se a eleição fosse hoje, o deputado federal eleito Zé Neto (PT) largaria na frente. Isso é óbvio. Eleito com boa votação e do partido que elegeu o governador com maior margem da história, ele tem tudo para se sentir favorito a sentar na cadeira de prefeito em 2020. Porém, entretanto, todavia, “política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Olha de novo e ela já mudou”, já dizia o ex-governador mineiro Magalhães Pinto. Daqui a dois anos, é bem provável que essa nuvem já tenha mudado muito.  O temperamento do petista é visto com bons olhos quando o assunto é legislar, mas a rejeição é grande quando o foco é um cargo majoritário. Os números das últimas eleições na cidade mostram que o petista tem um “teto de votos” muito difícil de ultrapassar, dada a sua alta rejeição.  No mesmo campo político de Neto existem outros nomes. O mais novo é o do deputado Carlos Geilson, atualmente filiado ao PSDB, mas que anunciou apoio ao governo Rui Costa (PT) logo após o resultado da eleição. Geilson apesar de bem votado, se sentiu traído pelo grupo político liderado pelo ex-prefeito José Ronaldo (DEM) e pulou do barco. Há quem garanta que ele é a “carta na manga” do governador para vencer a eleição em Feira de Santana.  O maior obstáculo dele será convencer Zé Neto disso. Encontrar um partido da base que o aceite com essa pretensão também será um desafio. Outro aliado do governador que deve entrar forte como candidato é o deputado federal Fernando Torres (PSD). Embora não tenha disputado a reeleição para Câmara Federal, Torres sonha sentar na cadeira de prefeito em 2020. Tem como um dos trunfos, o apoio do fortíssimo Senador Otto Alencar, que tem como objetivo eleger prefeitos nas principais cidades da Bahia.  No grupo do ex-prefeito José Ronaldo (DEM), que não pode concorrer pela quinta vez à prefeitura por ter renunciado ao cargo, a disputa segue aberta. Na vantagem, principalmente após Geilson deixar o grupo, o atual prefeito Colbert Filho (MDB) deve ser candidato à reeleição. Ronaldo já fez questão de dizer que ainda é cedo para declarar o candidato dele, mas o fluxo natural é que seja o emedebista. Porém, como já disse antes “política é feito nuvem...”  e o democrata Targino Machado também está na briga como o deputado estadual mais votado da cidade, apesar de ser de São Gonçalo dos Campos. Machado ensaia há tempos uma candidatura a prefeito de Feira e desta vez se mostra disposto a tudo para conseguir o objetivo.  Correndo por fora, muito por fora, o ex-deputado Sérgio Carneiro (PV). Ele também seria um nome a ser discutido, mas seu fraco desempenho nas urnas o deixou praticamente fora do jogo.  O deputado federal e candidato ao Senado derrotado, Irmão Lázaro, andou dizendo em entrevistas que também poderá se candidatar a prefeito em 2020. Todavia, é considerado um “analfabeto político” e não deve se viabilizar. Deve seguir a carreira de cantor gospel. O PSL, partido de Jair Bolsonaro, pode entrar na disputa em Feira. A professora Dayane Pimentel, quarta deputada federal mais votada do estado, pode ser lançada candidata. Existe também a possibilidade do PSL se aliar a José Ronaldo e indicar um vice, ou encabeçar uma chapa articulada por ele.  Outro candidato que chama atenção é o professor Jonathas Monteiro. Conhecido como “Rasta”,  mais uma vez obteve boa votação na disputa para Assembleia Legislativa pelo PSOL, mas ficou de fora. Ele deve se lançar pela terceira vez candidato ao Paço Municipal.  A novidade fica por conta de uma candidatura bastante comentada nos bastidores políticos. A do radialista Dilton Coutinho.  Dono da voz mais conhecida do rádio feirense, Coutinho é constantemente sondado por alguns grupos políticos para se apresentar como o “novo” da eleição.  Talvez a hora tenha chegado.  Apesar de parecer distante, 2020 é logo ali e muita gente já dorme e acorda pensando nisso.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 29.10.2018 | 5h51m
#Eleições 2018
Bolsonaro venceu em apenas quatro cidades da Bahia

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) formou maioria de votos em apenas quatro municípios da Bahia: Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas, Itapetinga e Buerarema. Nas outras 413 cidades Fernando Haddad (PT) venceu nas urnas, na maioria com mais de 60% dos votos válidos. Na cidade do oeste baiano, Bolsonaro teve 58,8% dos votos. Para 41,20% dos eleitores de Luís Eduardo Magalhães, o petista deveria governar o país. Em Itapetinga, o percentual foi menor. Em Buerarema, o novo presidente da República recebeu votos de 55,26% dos eleitores, contra 44,74% do petista. O candidato do PSL foi opção para 53,69% dos itapetinguenses, enquanto 46,31% dos munícipes votaram em Haddad. Em Teixeira de Freitas, a disputa foi acirrada. A diferença entre o presidente eleito e o candidato derrotado foi de pouco mais de 1.300 eleitores. Bolsonaro ficou com 50,97% dos votos válidos e Haddad com 49,03%. Nas quatro cidades, o capitão reformado também venceu no primeiro turno. No entanto, duas cidades que registraram a vitória de Bolsonaro na primeira fase das eleições mudaram o placar. Itabuna deu 51,31% para Haddad neste domingo (28) e Ilhéus ultrapassou o percentual de 60% de apoio ao petista.(informações do BN)
 
 

Enviado por Da Redação - 28.10.2018 | 23h50m
#Eleições 2018
Rui pede que baianos respeitem resultado das eleições e diz que ficará atento

O governador Rui Costa (PT) usou as redes sociais para comentar o resultado do segundo turno presidencial em que Fernando Haddad, seu correligionário, saiu derrotado neste domingo (28).  "Em primeiro lugar, quero agradecer o apoio e a confiança dos baianos. A Bahia deu 73% dos votos a Fernando Haddad, a quem parabenizo pela luta até o último dia de campanha, que foi baseada na verdade e no respeito a todos os brasileiros”, comentou o governador. O petista pediu que os eleitores baianos respeitassem o resultado das eleições. “Infelizmente, não foi o resultado que eu e a grande maioria dos baianos desejava, mas é muito importante respeitar o resultado das urnas, que representa a vontade da maioria dos brasileiros. Democracia é liberdade e respeito à vontade da maioria. A Bahia fez a sua parte”, ponderou.  Rui prometeu ficar atendo a cada passo do Governo Federal em relação ao estado. “Terei uma posição firme e atenta, desejando sempre contribuir para que o Brasil volte a crescer e gerar empregos. Que o nosso país reencontre o caminho da paz e do amor. Que Deus nos abençoe!", completou. (Informações do BN) 
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 25.10.2018 | 19h29m
#Política
“Se o nome de Colbert fosse Manuel ele nunca se elegeria a nada”, diz deputado

“Se o nome de Colbert fosse Manuel ele nunca se elegeria a nada”, diz deputado
O deputado estadual Targino Machado (DEM) “soltou os cachorros” no prefeito Colbert Martins Filho (MDB), durante entrevista na rádio Princesa FM, nesta quinta-feira (25). Reeleito  com 67.164 votos, sendo o mais votado de Feira de Santana, o democrata afirmou que nem Colbert, nem José Ronaldo o ajudaram na eleição.  Machado aproveitou o espaço também para tecer críticas ao estilo do atual prefeito. “Ele lançou um novo modelo de política. Política sem ouvir ninguém. Vá pra rua pra ver o que o povo está dizendo de você”, clamou. O deputado comparou o prefeito emedebista ao ex-governador Antonio Carlos Magalhães.  “Colbert, atenda o povo direito, você proibiu os vereadores de levar gente em seu gabinete, na época de Zé Ronaldo cada um levava 20, 30 pessoas. Que forma de governar é essa? No chicote? Não foi assim que você falava quando era oposição. Já criticou muito ACM por causa da malvadeza e agora repete”, repreendeu.  E as provocações continuaram. “Se o nome do Colbert fosse Manoel, ele não se elegeria a nada, nunca. Ele vive do nome do pai que é uma legenda”, falou se referindo a Colbert Martins, ex-prefeito de Feira de Santana. 
 
 

Enviado por Da Redação - 25.10.2018 | 12h10m
#Pesar
Nota de Falecimento

Faleceu essa manhã (25), em Feira de Santana, o empresário José Galdino dos Santos, proprietário das empresas Sopoços e G Poços. Segundo informações da família, o velório será no Centro de Velório Gilson Macêdo (Rua Arnold Silva, 217, Kalilândia). O sepultamento acontece hoje, às 16h, no Cemitério Jardim Celestial.

 
 

Enviado por Da Redação - 25.10.2018 | 9h05m
#Câmara de Feira
Vereador protesta contra construções irregulares

Em pronunciamento na Câmara Municipa, o vereador Roberto Tourinho (PV) fez leitura de uma matéria publicada no jornal Folha do Estado, intitulada “Tem que derrubar”. A matéria trata sobre a construção irregular de uma loja de peça de tratores nas proximidades da Lagoa Grande. O vereador convidou os vereadores Alberto Nery (PT) e Gilmar Amorim (PSDC) para avaliar o local. “Tenho recebido várias queixas. Essa situação de invasão se tornou rotina em Feira de Santana. Infelizmente, o Poder Público tem se mantido inerte com relação a isso. Como presidente da Comissão de Obras desta Casa, irei comparecer aos locais que recebi as denúncias e tomarei as decisões necessárias para solucionar esse problema”, finalizou.
 
 

Enviado por Da Redação - 25.10.2018 | 6h00m
#Cultura
Tito Pereira lança primeiro álbum solo nesta quinta no Cuca

Tito Pereira lança primeiro álbum solo nesta quinta no Cuca
“Alegria” é o primeiro disco solo do pianista, cantor e compositor feirense Tito Pereira e será lançado nesta quinta-feira (25), a partir das 20 horas, no Teatro do Cuca (Centro Universitário de Cultura e Arte), na rua Conselheiro Franco, no centro da cidade. Esse novo trabalho conta com 10 músicas, tanto instrumentais quanto vocais, que apresentam um sofisticado repertório, que vai do clássico/erudito ao samba de roda típico da região do Recôncavo baiano e da zona rural de Feira de Santana, e também estabelece um rico diálogo de elementos jazzísticos com ritmos de essência brasileira como o baião, por exemplo. Tito Pereira tem mais de 20 anos de carreira profissional, atuando como tecladista, pianista e diretor musical freelancer em diversos projetos musicais, e dessa experiência ele apresenta ao público todas as influências que acumulou durante essa trajetória. O talentoso artista já teve a oportunidade de trabalhar com importantes nomes da música brasileira como Xangai, Waldick Soriano, Geraldo Azevedo e Dionorina, entre outros. Tito também atuou na produção da Jam na Cuca, uma das ações culturais mais importantes dos últimos anos em Feira, além de ter produzido as três edições do projeto Jazz no Mac. Este ano, pela primeira vez, Tito Pereira vai participar do conceituado festival Feira Noise. Ele fará a abertura do evento, no dia 23 de novembro, às 19 horas, no Centro de Cultura Amélio Amorim.
 
 

Enviado por Da Redação - 24.10.2018 | 18h00m
#Câmara de Feira
Vereador vai convocar religiosos contra programa que atende transexuais

Vereador vai convocar religiosos contra programa que atende transexuais
O vereador Edvaldo Lima (PP), durante pronunciamento na tribuna da Câmara de Feira de Santana, nesta quarta-feira (24), informou que uma  equipe do programa “Consultório na Rua”, da Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com profissionais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizaram na noite da última sexta-feira (19) atendimento médico e social para transexuais e travestis em situação de prostituição. Para o vereador, a ação deveria ser destinada para toda a população. “A saúde pública é um direito de todos, independentemente de sua orientação sexual. Nas ruas temos crianças, mulheres e idosos. Não vimos nenhuma equipe sair para atender essas pessoas, soube que até lanhe foi distribuído. Vou exigir que o Governo Municipal distribua lanches para as pessoas que forem atendidas. O que vale para um, vale para o outro. Se as pessoas querem atendimento médico devem ir aos postos de saúde”, reclamou. Ainda na tribuna, o edil informou que irá convocar as lideranças religiosas para ir de encontro ao programa. “Não aceitaremos que só um grupo seja privilegiado. Isso está errado. Não é justo. Devo lembrar que o governo do PT perdeu o governo porque enveredou pelo caminho da imoralidade. Não podemos deixar isso acontecer em nossa cidade”, disse.
 
 

Enviado por Da Redação - 24.10.2018 | 17h54m
#Feira de Santana
Colbert apresenta aplicativo que permite aos pais monitorar rendimento do filho na escola

Colbert apresenta aplicativo que permite aos pais monitorar rendimento do filho na escola
Foto: Secom
Os alunos da rede municipal de ensino de Feira de Santana terão o seu desempenho escolar acompanhado pelas famílias, através de uma ferramenta online. O Projeto Sempre Juntos -  acompanhe seu filho na Escola - foi lançado na tarde desta terça-feira,24, no Paço Municipal Maria Quitéria, e tem como um dos pressupostos aproximar à família da escola. A iniciativa visa a estimular nos pais dos alunos a consciência de que é necessário um maior envolvimento no processo de aprendizagem dos filhos, fortalecendo a pareceria entre a escola e a família. De acordo com a diretora do Departamento de Ensino da Secretaria de Educação, Jozelina Araújo, “pais presentes incentivam um comportamento cooperativo nos filhos, que se sentem confortáveis com este comportamento, pois eleva a altoestima e gera um sentimento de corresponsabilidade”. De uso restrito das famílias, o recurso possibilitará o acompanhamento das notas e da frequência dos alunos em sala de aula, o desempenho por disciplina e o fluxo das notas. Estas e uma gama de informações relacionadas ao comportamento dos alunos nas escolas, estarão no site Portal do Aluno, disponibilizado pela Secretaria de Educação no seu site oficial. “É um serviço digital para que os pais acompanhem o desempenho escolar dos seus filhos, e isso dá um retorno muito importante para a própria escola, possibilitando aos professores melhorar e aperfeiçoar as suas práticas de ensino. O importante é a qualidade da educação e, principalmente, a qualidade dos nossos alunos”, ponderou a secretária de Educação, Jayana Ribeiro (foto - ao lado do prefeito). O prefeito Colbert Martins Filho (foto) enfatizou que “é importante, necessário e possível fazer o acompanhamento do aluno em tempo integral, o que já acontece em várias escolas públicas e privadas do país”. De acordo com o chefe do executivo, “este é um investimento para que as crianças possam aprender cada vez mais e melhor, além ser um ponto de ligação direta entre a escola e a família”. Participaram do ato os familiares e alunos de algumas unidades escolares, os secretários Valdomiro Silva (Comunicação), Mário Borges (Chefe de Gabinete), Nau Vasconcelos (Relações Institucionais), os vereadores Luiz Augusto da Conceição, Gilmar Amorim, e Gerusa Sampaio.
 
 

Enviado por Da Redação - 24.10.2018 | 17h20m
#Eleições 2018
Rui Costa reage a vídeo de Bolsonaro: "Respeite os baianos, candidato"

Na manhã desta quarta-feira (24), o governador Rui Costa, reeleito com 75% dos votos dos baianos, reagiu às declarações preconceituosas do candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro. Em vídeo gravado dentro de um carro ao lado de familiares, Bolsonaro diz que seria vantajoso comprar carro na Bahia porque já vem com o freio de mão puxado, deixando claro que considera os baianos preguiçosos.   O vídeo foi publicado no Facebook do governador, que respondeu: "Respeite os baianos, candidato. Lamentável o comentário do candidato Jair Bolsonaro sobre a Bahia e os baianos. Aqui, com muito raça foi consolidada a independência do Brasil e o povo gritou: “Com tiranos não combinam brasileiros corações”.  Nosso estado é pobre mas é de gente trabalhadora no campo e na cidade. Aqui se trabalha muito para sobreviver com dignidade. Baianas e baianos desprezam, candidato, sua fala preconceituosa e estarão sempre a postos para responder a quem quer que seja que tente desrespeitar a Bahia.  Nosso Estado é de paz, é criativo, é de todas as crenças e credos. Chega de preconceito, de racismo, de Ódio e Violência. Somos um Povo só: O Povo Brasileiro", escreveu na rede social.
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 
2018
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2017
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Bahia Já
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusmão
Blog do Jair Onofre
Bocão News
Bom dia Feira
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cláudio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Fernando Torres
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Portal Bk2
Reginaldo Tracajá
Reinaldo Azevedo
Ricardo Noblat
Sala de Notícia
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Terra de Lucas
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
  Copyright © 2018 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial