Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
NATAL ENCANTADO
 
Reportagens
Viva Voz
Cinema
 
 
 
 

Enviado por Da redação - 12.12.2017 | 12h00m
#Cultura
Festival Bahia Jazz anima noite de Feira de Santana

“Quem procurava uma oportunidade para ouvir boa música, já pode sair da toca pra curtir o som de grupos baianos de muita qualidade reunidos neste projeto”, conta Marcos Sampaio, um dos idealizadores do Festival Bahia Jazz em sua primeira edição. O evento que também valoriza a experimentação e a liberdade musical acontece nos próximos dias 14, 15 e 16 de dezembro na Cúpula do Som Studio Bar, em Feira de Santana/BA e acolhe nomes que alcançaram expressão nacional em suas experiências musicais, inclusive, de autoria própria. Na grade do Festival, estão atrações como Aîace, vocalista da banda soteropolitana Sertanília, que acabou de lançar o seu primeiro disco solo “Dentro ali”. O álbum tem composições suas e participações de nomes como Lazzo Matumbi na canção “Nega Margarida (Ê Menina)” e o saudoso Luiz Melodia na canção “Samba é sacerdócio”. Um disco que flerta com ritmos afro-baianos, pop, MPB, reggae, jazz, rock. Já a banda Baiana Bossa garante fazer uma prévia do show do Natal Encantado (20.12) no último dia do Festival Bahia Jazz, sábado (16.12), que começa uma hora mais cedo. Lorena Porto (voz), Cid Fiuza (violão e guitarra), Anselmo Roberto (contrabaixo), Cesinha Miranda (bateria), os clássicos da bossa nova, samba, jazz, da música do nordeste e as interpretações marcantes dessa turma de veteranos da música brasileira estarão de volta ao palco da Cúpula em um show que promete ser ainda mais intenso que as apresentações da temporada do projeto Quinta dos Bossais. Não poderiam faltar na grade deste Festival destaques da música instrumental baiana como o grupo Santini & Trio, ganhador do Prêmio Caymmi 2017 em duas categorias, e o grupo Quaternária, grande incentivador da música instrumental e que ganhou notoriedade com o projeto JAM na CUCA em Feira de Santana. Os dois grupos acumulam em seus currículos importantes participações em festivais e eventos de música, a exemplo da JAM no MAM (Salvador/BA) e do Recôncavo Jazz Festival (Cachoeira e Muritiba/BA).  Outra atração que já circulou Brasil afora e tem presença confirmada no Festival Bahia Jazz é o grupo Matita Perê, na estrada há 17 anos. Este show pretende trazer para o palco da Cúpula do Som o clima do disco “Reino dos Encourados”, lançado este ano de 2017 com composições do poeta feirense Giberval Melo. Borega (voz e violão), Rafael Galeffi (voz e viola) e Luciano Aguiar (violão e voz) trazem uma apresentação repleta de referências ao sertão. O som da SAL tem a cara deste projeto e, também por isso, é uma das atrações mais esperadas. É diversidade rítmica e sonora, é musicalidade criativa e sem rótulos, é pulsação e liberdade. O pianista feirense Tito Pereira dá uma pausa nas suas experiências musicais em São Paulo para fazer uma apresentação marcante no Festival. Preparou para este projeto um show especial de pré-lançamento do seu trabalho solo com canções de sua autoria e clássicos do jazz internacional e brasileiro. Será uma prévia do disco “Alegria”, já em fase de produção e com lançamento oficial previsto para o fim do primeiro semestre de 2018.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 12.12.2017 | 7h58m
#Assembleia
“Quanto custa para o governador a vida de um baiano?”, questiona deputado

O deputado estadual Targino Machado (PPS), em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), mostrou mais uma vez sua indignação com o descaso do Governo do Estado com a segurança pública na Bahia. Desta vez, o parlamentar cobrou providências do governador ao comentar sobre agências bancárias que tem sido destruídas por falta de policiamento em diversas cidades baianas e a violência que tomou conta do conjunto Viveiros no último fim de semana. Targino lembrou que é competência do Governo do Estado garantir segurança pública à Bahia e aos baianos.  “Isto é uma vergonha! O governador não toma conta da segurança da Bahia e a obrigação de tomar conta das famílias é dele, assegurado pela Constituição Federal. Enquanto isso, o governador Rui Costa permite que os homicídios continuem acontecendo. Um conjunto residencial que nasceu em Feira e cresceu muito, adquirindo característica de bairro, o Viveiros, foi invadido pela bandidagem que tornou a população refém do crime. A polícia não toma nenhuma providência e pela falta de adoção de medidas coercitivas por parte da polícia deixam todas as famílias que ali residem em pé de guerra. Isto aconteceu na madrugada de sábado e se repetiu no domingo. O governador prometeu que deixaria a tropa com 40 mil policiais e, na verdade, estamos vendo que a quantidade que ele quer contratar é menor que o número de policiais já aposentados no período. Quanto será que custa para vossa excelência, senhor governador, a vida de um baiano?“, questionou.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 11.12.2017 | 17h06m
#Feira de Santana
José Ronaldo desmente boatos sobre Shopping Popular

José Ronaldo desmente boatos sobre Shopping Popular
“O mundo inteiro busca dinheiro na China para investimentos, assim como o Governo do Estado, que tem ido à China constantemente para conseguir financiamento para a construção da ponte Salvador/Itaparica e o Porto de Ilhéus. Os governos de outros estados e o Governo Federal também não têm medo de empresas nacionais se associarem a grupos chineses para executar os seus projetos”. Com estes argumentos o prefeito José Ronaldo de Carvalho desmentiu, durante entrevista concedida na manhã desta segunda-feira, 11, ao quadro “Na Sala do Povo”, do Programa Acorda Cidade, os boatos espalhados por setores refratários a construção do Centro Comercial Popular, de que o entreposto seria explorado por comerciantes de origem chinesa. No jornalístico da Rádio Sociedade comandado pelo radialista Dilton Coutinho, José Ronaldo enfatizou, inclusive, que a Câmara Municipal aprovou um Projeto de Lei encaminhado pelo Poder Executivo, proibindo que estrangeiros ocupem áreas comerciais no Centro Comercial Popular, a não ser quer sejam naturalizados brasileiros. Presidido pelo empresário mineiro Elias Tergilene, a Fundação Doimo, responsável pela construção do Centro Comercial, atua nos ramos de mineração de pedras ornamentais para a Construção Civil, no setor industrial; e na implantação de shoppings populares. Todos estes seguimentos contam com capital italiano, brasileiro e chinês. No tocante à implantação do Centro Comercial Popular, a Doimo está representada pelo capital brasileiro (Elias Tergilene), e os sócios chineses e italianos. Este fato, entretanto, “não tem nada a ver com o espaço ser direcionado a comerciantes de origem chinesa”, descartou o prefeito. Embora este tema tenha ganhado destaque durante a entrevista, dada à importância socioeconômica que envolve o investimento, que tem como um dos principais objetivos reordenar o comércio informal nas ruas centrais da cidade, José Ronaldo também respondeu sobre as ações do seu governo, a exemplo das obras do BRT, que segundo ele deverão ser concluídas nos próximos seis meses.
 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 11.12.2017 | 16h41m
#Câmara de Feira
Projeto obriga empreendimentos a facilitar fluidez do trânsito

Projeto obriga empreendimentos a facilitar fluidez do trânsito
A Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, nesta segunda-feira (11), em primeira discussão e por maioria, com abstenção do vereador Alberto Nery (PT), o Projeto de Lei Complementar de nº 236/2017, de autoria do Poder Executivo, que altera dispositivos da Lei Municipal nº 3.553, de 29 de junho de 2015, que torna obrigatório que empreendimentos geradores de tráfego designem serviços de apoio à circulação e fluidez do trânsito. Segundo a alteração, a lei passa a viger com a seguinte redação:  "Entende-se por empreendimentos geradores de tráfego: shopping centers, hipermercados, hospitais, instituições de ensino, estádios, terminais de carga, estações de transportes públicos, obras em logradouros públicos, bem como eventos e atividades afins que possuam grande densidade de embarque e desembarque em pontos fixos”. A Superintende Municipal de Trânsito será o órgão respónsável pela fiscalização e supervisão das medidas de apoio ao tráfego, 
 
 
 

Enviado por Agência Câmara - 11.12.2017 | 6h37m
#Brasília
Comissão rejeita projeto que proíbe abate de cavalos

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara Federal rejeitou o projeto que proíbe o abate de equinos, equídeos, mulas e jumentos em todo o território nacional (PL 5949/13). Hoje o abate é permitido pela Lei 7.291/84. O relator da proposta, deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG), ressaltou que, apesar de não ser hábito no Brasil, outros países consomem carne de cavalo. “No mundo, almôndegas, salame, mortadela, salsicha, sashimi e carne defumada estão entre as iguarias elaboradas com a carne equina”, afirmou o parlamentar ao recomendar a rejeição do projeto. “Em 2015, os frigoríficos brasileiros exportaram 2.800 toneladas de carne equina, 30% a mais do que em 2014, sobretudo para países europeus e asiáticos”, contabilizou. Para o autor do projeto, deputado Ricardo Izar (PP-SP), o abate desses animais é cruel e geralmente ocorre quando eles ficam velhos para serem usados como montaria ou tração. Segundo Cardoso Jr., no entanto, diversos especialistas argumentam que o abate de equídeos que não servem mais para o trabalho é uma medida aconselhável do ponto de vista humanitário e sanitário, por reduzir o risco de abandono e evitar que se tornem vetores de doenças. O deputado Valmir Assunção (PT-BA) discordou do relator e apresentou voto em separado. “O parecer livra os donos dos animais da obrigação de prestar a devida assistência e cuidado merecidos pelos mesmos após longos anos de trabalho”, criticou. O projeto, que tramita em caráter conclusivo, ainda será analisado pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. 
 
 

Enviado por Agência Câmara - 9.12.2017 | 5h16m
#Brasília
Comissão especial aprova PEC que proíbe extinção de tribunais de contas municipais

A comissão especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 302/17 aprovou substitutivo apresentado pelo deputado Goulart (PSD-SP). O texto proíbe a extinção dos tribunais e conselhos de contas municipais. O substitutivo estabelece ainda que os tribunais de contas (da União, dos estados e dos municípios) são instituições permanentes e essenciais ao exercício do controle externo. Além disso, iguala a remuneração dos membros dos tribunais de contas municipais e estaduais (TCMs e TCEs) ao teto do Poder Judiciário estadual. Este ponto não consta no texto original da PEC 302/17. A remuneração do Judiciário estadual equivale a 90,25% do subsídio de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Atualmente, a Constituição equipara ao teto do Judiciário estadual apenas os vencimentos dos membros locais do Ministério Público, das procuradorias e das Defensorias Públicas. O subsídio atual do STF é de R$ 33.763,00. O vencimento dos ministros do Supremo é o teto salarial do serviço público brasileiro e serve como base para os outros Poderes. O autor da PEC 302/17 é o deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE). Ele apresentou o texto após a Assembleia Legislativa do Ceará aprovar uma emenda constitucional extinguindo o Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará. A emenda, aprovada após uma disputa política no Estado, transferiu as funções da corte extinta para o Tribunal de Contas do Estado. Em outubro passado, o pleno do STF, ao julgar uma ação impetrada pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), manteve a extinção do TCM-CE. Segundo o relator da PEC, a decisão do STF tornou urgente a aprovação da PEC. “Outros tribunais de contas dos municípios continuam vulneráveis a interferências legislativas que podem extingui-los a qualquer momento”, disse Goulart. Com o substitutivo, ele afirma que isso não será mais possível. “A PEC será um importante passo para que se garanta um mínimo de segurança jurídica aos tribunais”, afirmou. O deputado Milton Monti (PR-SP) destacou a importância da aprovação da proposta. “Acho que esta comissão cumpre um papel importante para contribuir com um instrumento que zela pela aplicação dos recursos públicos em todo o País”, disse. O deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA) afirmou que os tribunais de contas municipais executam um trabalho relevante. Além do controle externo, auxiliam a gestão dos municípios, que têm dificuldade para conseguir consultorias ou profissionais especializados. “Pensar em extinguir órgão de fiscalização e se colocar na contramão da história. Os tribunais são mais do que de controle, são de orientação também”, disse. A PEC 302/17 será analisada agora no Plenário da Câmara, onde passará por dois turnos de votação. Para ser aprovada, ela precisará de pelos menos 308 votos em cada turno. Depois, o texto seguirá para o Senado.
 
 

Enviado por Agência Câmara - 8.12.2017 | 5h13m
#Brasília
Plenário discute penas para estupro e divulgação de “nudes” ou de abusos sexuais

A deputada Laura Carneiro (PMDB-RJ) apresentou em Plenário nesta quinta-feira (7) o parecer à proposta que aumenta penas para estupro e criminaliza a divulgação de cenas de abuso sexual. Ela acrescentou ao texto punição para outros temas como a sites que incentivam estupros e a atos libidinosos cometidos sem consentimento, caso de abuso cometido em transporte público.  A proposta chegou a ser discutida, mas só vai voltar à pauta na semana que vem. A intenção é recolher opiniões dos deputados para construir um acordo para votá-la. Até lá, novas sugestões poderão ser incorporadas ao texto.  O texto tipifica o crime de importunação sexual, que pode ser aplicado aos casos de abusos cometidos em transporte público. Trata-se de praticar, na presença de alguém e sem sua anuência, ato libidinoso com o objetivo de satisfazer lascívia própria ou de outro. A pena é de reclusão de uma a cinco anos, que pode ser aumentada se o ato constituir crime mais grave. No caso do estupro de vulnerável, que é o ato sexual com menores de 14 anos, o projeto determina que haverá punição ainda que a vítima dê consentimento ou tenha mantido ato sexual com o acusado antes do crime.  A proposta também criminaliza a divulgação, inclusive pela internet ou grupos de conversa como WhatsApp, de cenas de estupro ou material que faça apologia da prática. Também será punido quem divulgar, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez (os chamados nudes) ou pornografia.  A pena é de um a cinco anos de reclusão e poderá ser aumentada se o autor do crime tiver mantido relacionamento com a vítima e divulgou o material com objetivo de humilhar ou se vingar da vítima, ato conhecido como pornografia de vingança ou “revenge porn”.  Instigar alguém a praticar crime contra a dignidade sexual ou fazer apologia à prática também será punido com detenção de 1 a três anos.  Outra mudança incluída pela relatora determina que o Ministério Público poderá agir nos crimes de estupro e violência sexual mesmo sem representação da vítima, é a chamada ação penal incondicionada. Hoje, a ação penal depende de notificação da vítima. O texto também aumenta as penas nos casos de estupro coletivo, violência sexual para controlar o comportamento social ou sexual da vítima, crimes cometidos por familiares ou responsáveis, ou crime cometido em local público e transporte público, durante à noite, em lugar ermo com emprego de arma.
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 7.12.2017 | 21h32m
#Feira de Santana
Pacote de obras apresenta de confecção de quebra-molas à abertura de avenida

Pacote de obras apresenta de confecção de quebra-molas à abertura de avenida
Com um aporte financeiro superior a R$ 35 milhões, o prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) lançou mais um pacote de obras nas áreas de infraestrura, educação, saúde e lazer, que vai contemplar dezenas de bairros na sede e na Zona Rural de Feira de Santana. Todas as obras elencadas neste novo pacote, de acordo o prefeito José Ronaldo, atendem a reivindicações de lideranças políticas e comunitárias, obedecendo critério de prioridades, cujas demandas são levantadas pela  coletividade. O pacote de obras comtempla de "confecção de quebra-molas" à abertura de avenida, como no caso da Fraga Maia. Seguindo este princípio, dezenas de bairros serão contemplados com obras de pavimentação, implantação de postos de saúde, escolas, creches, praças urbanizadas, campos de futebol e áreas de lazer. Mais de um terço dos recursos previstos para esta etapa de investimento irá para o setor de pavimentação de ruas na sede e nos distritos. Só este setor consumirá a importância de R$ 13.934.286,76. Realizado no pátio da Secretaria de Administração, na Avenida Sampaio, o ato contou com as presenças do vice-prefeito Colbert Martins, os deputados José de Arimateia, Carlos Geilson, suplente de deputado Zé Chico; secretários municipais, vereadores e lideranças comunitárias. Confira lista completa do pacote. 
 
 

Enviado por Da Redação - 7.12.2017 | 21h00m
#Assembleia
Ações da Frente Parlamentar são ressaltadas em sessão do Dia da Pessoa com Deficiência

Ações da Frente Parlamentar são ressaltadas em sessão do Dia da Pessoa com Deficiência
Em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência foi realizada nesta quinta-feira (07), uma Sessão Solene na Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana. A iniciativa foi do vereador Roberto Tourinho (PV) e contou com a presença do deputado estadual e Presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência da Bahia, Angelo Almeida (PSB). O vereador Roberto Tourinho ressaltou diversas leis aprovadas em benefício das pessoas com deficiência na Casa Legislativa Feirense como a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência, em sintonia com a proposta apresentada pelo deputado Angelo Almeida na Assembleia Legislativa da Bahia. A presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência, Maria Gorete Cerqueira, fez referência a Lei Brasileira de Inclusão “O Estatuto traz uma série de benefícios para quem tem limitações físicas, motoras e sensoriais e precisamos continuar lutando por isso, apesar das dificuldades. Precisamos estar lado a lado abraçados com todas as pessoas com deficiência para que o movimento se fortaleça e com ele as nossas conquistas”, ressaltou. Diversas entidades que representam as pessoas com deficiência na cidade também participaram, a exemplo da Associação Mãos que Sonham, Cromossomos 21, APAE, Associação Feirense Surdos, além do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência. A presidente da Associação Mãos que Sonham, Auriceia Moreira, pediu compaixão com a comunidade surda. “A Mãos que Sonham representa a voz das famílias dos surdos. A questão da deficiência não é incapacidade, mas significa que a pessoa precisa de apoio e ajuda para estar em igualdade com os demais”, afirmou. Auriceia definiu a presença de interpretes de libras nos órgãos e repartições públicas como uma das principais reivindicações da classe e sugeriu que a libra fosse universalizada. “Assim como aprendemos inglês, espanhol e outras línguas estrangeiras na escola deveríamos também a linguagem de sinais. De acordo com ela, em Feira de Santana existem três mil pessoas surdas. Já o presidente da Cromossomos 21 convidou a comunidade para visitar a entidade. “Nós precisamos da contribuição da comunidade”, afirmou. Ele homenageou ainda o vereador Roberto Tourinho pelo compromisso com a causa. O deputado estadual Angelo Almeida relatou as atividades quem vem sendo realizadas pela Frente Parlamentar desde a sua instalação em julho deste ano. “Mais recentemente entregamos uma Carta Aberta ao Governador Rui Costa com demandas importantes como a criação do Fundo Estadual da Pessoa com Deficiência e a realização de Reda ou concurso público para contratação de intérpretes e brailistas para o funcionamento dos núcleos de apoio das universidades estaduais”, informou.
 
 

Enviado por Rafael Velame - 7.12.2017 | 7h00m
#Foguetinho
Os “inhos”, o shopping popular e o chinês

Os “inhos”, o shopping popular e o chinês
Enquanto centenas de brasileiros, inclusive autoridades como o Presidente da República e o Governador da Bahia, viajam para China em busca de investidores para negócios no Brasil e na Bahia, em Feira de Santana, empreendimento com capital oriental é tratado como maligno. Muito tem sido dito, principalmente nas redes sociais, a respeito de um suposto chinês que seria dono do Shopping Popular de Feira de Santana. Inventaram até um nome para o inexistente sócio. Mas e se existisse um investidor chinês no Shopping Popular?  O Brasil tem aberto importantes canais através da Frente Parlamentar Brasil-China, se tornando cada vez mais parceiro comercial do país asiático, criando um impacto positivo nas exportações brasileiras, dentre outros benefícios. Por que Feira de Santana remaria em sentido contrário? Grupos chineses compram parte da Azul Linhas Aéreas, empresa que opera no aeroporto de Feira e a Pirelli, uma das maiores indústrias da cidade. Por que Feira seria contra? A China e os chineses estão investindo em Feira e isso é bom, muito bom. O que não é bom são os empresários feirenses que ficam milionários à custa de Feira e depois buscam Miami ou São Paulo para investir o capital ganho aqui. Portanto, vamos acabar com essa síndrome de “inho” e se for pra ser “ão” sejam bem vindos chineses, africanos, americanos, paquistaneses, ou qualquer outro cidadão do mundo. O importante mesmo é desenvolver Feira de Santana!
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 6.12.2017 | 20h53m
#Feira de Santana
Shopping popular será para pessoas da classe G, de gente, diz responsável pela obra

Shopping popular será para pessoas da classe G, de gente, diz responsável pela obra
O presidente do Grupo UAI e da Fundação Doimo, Elias Tergilene Pinto Júnior, esteve em Feira de Santana, nesta quarta-feira (06), onde concedeu entrevista coletiva na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) sobre o andamento da obra do Shopping Popular. Considerado o “rei do varejo popular” no Brasil, Elias representa o Consórcio Feira Popular S/A, vencedor da licitação pública e responsável pela construção e implantação do Shopping Popular.  Durante cerca de 2 horas conversou e tirou dúvidas da imprensa feirense sobre o empreendimento.  Na oportunidade, Elias que já foi vendedor de esterco, camelô e serralheiro contou toda sua trajetória até se tornar empreendedor social e revelou os planos para Feira de Santana. “Sou um ex-camelô e comecei minha vida empresarial vendendo esterco nas ruas. Através do empreendedorismo, me tornei empresário e sócio de uma multinacional italiana, Grupo Doimo. Sou presidente e fundador da Fundação Doimo, fundador da rede de shopping UAI e sócio fundador da Holding Favela em sociedade com a CUFA” contou.  Elias destacou o impacto que o Shopping Popular vai causar na cidade e destacou que o equipamento é voltado para “classe G, de gente”, expressão criada por ele. “Vamos transformar o shopping popular numa central de vendas no atacado e no varejo onde os camelôs que estão na cidade é que vão ter as lojas. Sendo assim, quanto mais dinheiro eles ganharem mais dinheiro circulará na cidade. São 53 mil metros quadrados com 1800 boxes para camelôs, além de bancos, praça de alimentação, estacionamento para 600 carros, ou seja, é um impacto tremendo na economia da cidade. Todo comércio será impactado. Isso é empreendedorismo social que tem como foco trabalhar com os pequenos comerciantes”. 
OBRA EMBARGADA
Elias esclareceu que todas as providencias que o Ministério do Trabalho exigiu já foram tomadas. “Eles fizeram algumas exigências e nós vamos cumprir. Nossos trabalhadores não faziam refeições na obra como foi dito, todas as refeições são feitas e um restaurante do centro de abastecimento. Mas mesmo assim colocamos uma mesa de refeições na obra, conforme determinou o Ministério do Trabalho, assim como deixamos os banheiros de acordo com as exigências deles”.  Segundo ele, a expectativa de término da obra é para setembro de 2018. 
INVESTIDORES 
“Os investidores do Shopping Popular são: Mais Invest S/A, Fundação Doimo que são de capital italiano, a UAI Infraestruturas S/A é capital brasileiro e Max One que é de capital chinês. Ou seja, quem está investindo são empresas nacionais e internacionais. Ratifico, as lojas são para os comerciantes da cidade de Feira de Santana. Inclusive foi feita uma lei na Câmara feirense que regulamenta isso, e deixa claro que as lojas são para as pessoas de Feira de Santana”.
 
 

Enviado por Da Redação - 6.12.2017 | 18h28m
#Câmara de Feira
Vereadores aprovam projeto e vão receber 13º salário em Feira de Santana

Vereadores aprovam projeto e vão receber 13º salário em Feira de Santana
Na  sessão legislativa desta quarta-feira  (06), foi  aprovado, em primeira discussão e por unanimidade  dos presentes, o Projeto de Lei de nº 232/2017, de iniciativa da Mesa Diretiva da Câmara de Feira de Santana, que dispõe sobre o direito a percepção de remuneração  de remuneração referente ao décimo terceiro salário. A Lei se baseia em decisão do Supremo Tribunal Federal do Parecer Normativo de 14/2017, do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, para os ocupantes do cargo de prefeito, vice-prefeito, vereador e secretário do município de Feira de Santana.  Além do subsidio mensal, o prefeito, vice-prefeito, vereadores e Secretários municipais receberão o décimo terceiro salário correspondente a 1/12 (um doze avos) do subsidio a que fizer jus no mês de dezembro no respectivo ano.  As despesas decorrentes desta Lei correrão par conta da verba do orçamento do respectivo ano. Esta Lei entrará em vigor em 1° de janeiro de 2018, revogadas as disposições em contrário.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 6.12.2017 | 16h57m
#Assembleia
Deputado propõe uso de bicicletas como transporte escolar

Deputado propõe uso de bicicletas como transporte escolar
Autonomia e mais acessibilidade para chegar até a escola. É isso que propõe o Projeto de Indicação de autoria do deputado estadual Angelo Almeida (PSB), que tem como objetivo implantar o uso da bicicleta como meio de transporte escolar complementar na Bahia. A proposta foi enviada para o Governo do Estado nesta quarta-feira (06). De acordo com o deputado, o projeto é voltado para estudantes da rede pública de ensino que vivem em cidades do interior ou comunidades rurais e moram a pequenas ou médias distâncias das escolas. “Muitos alunos ainda percorrem longas distâncias para chegar nas escolas ou nos pontos de ônibus que os levam até lá. A iniciativa funciona como um facilitador do acesso à sala de aula, reduzindo inclusive a evasão escolar”, explica o parlamentar. O uso de bicicletas na rede pública têm como referência o programa Caminho da Escola, gerido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que possui, inclusive, equipamentos padronizados para atender as necessidades desse público, o que inclui capacetes de ciclismo. Além de impactar positivamente na educação, Angelo Almeida acredita que a proposta vai influenciar ainda na qualidade de vida das crianças e adolescentes por incentivar a prática de atividade física. “Segundo o Ministério da Saúde o problema de obesidade já afeta 1/5 da população infantil e o Brasil já aparece em 5º lugar no ranking de países com pessoas mais obesas. Esse é também um problema de saúde pública e cabe a nós legisladores e governantes aplicarmos politicas públicas que minimizem esses efeitos”, alertou.
 
 

Enviado por Da Redação - 6.12.2017 | 6h40m
#Assembleia
Rui Costa não paga as emendas e deputado diz que ele não cumpre palavra

“O governador Rui Costa mais uma vez não cumpre com a palavra”, disparou o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) em discurso na Assembleia Legislativa da Bahia. o parlamentar estava se referindo à falta de pagamento das emendas impositivas pelo governo do estado. ele ainda lembrou que as emendas são impositivas, e sua aplicabilidade foi aprovada em projeto na Assembleia Legislativa. Geilson citou alguns deputados do governo que tentaram negociar o pagamento das emendas com o governador, sem sucesso. e disse que no meio do ano, os parlamentares enxergaram no presidente Angelo Coronel “a tábua de salvação deles”, quando o mesmo partiu para a negociação com Rui Costa. “acreditamos que as emendas seriam pagas até o final deste ano e, ângelo coronel foi o avalista. nós estamos no dia 5 de dezembro e não há um sinal sequer de que as emendas serão pagas. mais uma vez nós estamos engabelados, mais uma vez nós fomos enganados, mais uma vez o governador falta com a palavra e mais um avalista fica em maus lençóis”, alfinetou. O deputado feirense lembra que quando o sai alguma ambulância, ou trator, são das emendas do ano de 2015. “não é possível que ao longo desse tempo o governo não teve condições de pagar essas emendas. nós estamos a fazer um apelo aos deputados governistas: quando essas emendas serão pagas. nós estamos cobrando o que é de direito, esta Casa aprovou uma lei e ela deve ser cumprida”, ressaltou Geilson.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 5.12.2017 | 7h10m
#Política
Fernando Torres desiste de disputar eleição em 2018

Fernando Torres desiste de disputar eleição em 2018
O deputado federal Fernando Torres (PSD) não vai disputar as eleições em 2018. O anúncio foi feito nesta terça-feira (5), em Feira de Santana, durante coletiva de imprensa. Fernando Torres está em seu segundo mandato na Câmara Federal e disputaria as eleições para deputado estadual. O atual momento da política nacional é o motivo da  desistência do parlamentar feirense. “Nesse momento da política nacional não me sinto nada confortável em disputar uma eleição. Conversei muito com a minha família e com o senador Otto Alencar antes de tomar essa decisão”, disse. Emocionado, Fernando Torres agradeceu o apoio que sempre encontrou no eleitor feirense, durante toda sua vida política.
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
2017
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Bahia Já
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusmão
Blog do Jair Onofre
Blog do Kuelho
Bocão News
Bom dia Feira
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cláudio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Fernando Torres
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Jeitosa
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Reginaldo Tracajá
Reinaldo Azevedo
Ricardo Noblat
Sala de Notícia
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
  Copyright © 2017 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial